BCN 

Polícia aplica multa de R$ 14 mil por corte de árvores nativas e flagra momento em que a vegetação era enterrada em valas

Compartilhar

Irregularidade foi registrada no lote de um assentamento rural em Teodoro Sampaio, neste domingo (2). Homem e mulher foram autuados. Polícia Ambiental flagrou o momento em que as árvores cortadas eram enterradas em valas
Polícia Ambiental
Um homem e uma mulher foram autuado em R$ 14.029 pela destruição de vegetação nativa em um lote do Assentamento Água Sumida, em Teodoro Sampaio, neste domingo (2).
Conforme a Polícia Militar Ambiental, a equipe recebeu a denúncia sobre supressão de árvores nativas, foi até o local e constatou o corte de oito árvores da espécie Amendoim do Campo (Platypodium elegans) e dois maciços de espécies nativas em estágio inicial de regeneração natural, sem autorização do órgão competente.
Polícia Ambiental constatou o corte de árvores nativas
Polícia Ambiental
“Os produtos lenhosos estavam sendo enterrados em valas no momento da vistoria para dificultar a fiscalização”, afirmou a corporação.
Diante dos fatos, o homem, de 67 anos, e uma mulher, de 53 anos, indicada como “autora indireta”, foram autuados em R$ 14.090 por destruir vegetação nativa, objeto de especial preservação e explorar qualquer tipo de vegetação nativa.
Polícia Ambiental constatou o corte de árvores nativas
Polícia Ambiental
VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente
Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta