BCN 

Cidade de SP tem movimento intenso no comércio em primeiro dia da terceira fase de flexibilização

Compartilhar

A partir deste sábado (1º), comércio e serviços podem funcionar por 14 horas ao longo do dia. Comércio e serviços têm novos horários a partir deste sábado (01)
A terceira etapa da fase de transição do Plano SP de reabertura da economia começou neste sábado (1º) com movimento intenso no setor de comércio e serviços, que podem funcionar por 14 horas ao longo do dia.
Com o avanço dos feriados pelo governo estadual, muita gente se confundiu e achou que este sábado (1º) não seria feriado. Mas o 1º de maio não foi adiantado. Serviços públicos como o Poupatempo estão fechados. Confira abaixo o que abre e fecha neste sábado (1º).
No Campo Limpo, uma padaria registrou movimento intenso na manhã deste sábado (1º). De acordo com o proprietário Rui Gonçalves, a possibilidade de abrir a partir das 6h traz a rotina quase ao normal.
“Quando o horário de abertura era às 11h era ruim, porque matava o café da manhã. Na padaria temos o forte que é o café e nesse nosso último horário o café ficava de fora”, afirma ele.
Com a flexibilização das regras e a possibilidade de ampliar, boa parte das lojas abriu. Mas pouca gente tinha sacolas nas mãos neste sábado (1º).
Para o assessor econômico da Federação do Comércio (Fecomércio-SP), Guilherme Dietze, a ampliação do atendimento perto do Dia das Mães trouxe um pouco de esperança.
“Isso é muito importante para os empresários uma vez que eles precisam de crédito nesse momento para poder pagar suas contas, seus fornecedores, seus funcionários. A medida que ele consegue faturar mais, ele consegue dar garantia ao sistema financeiro e ganhar mais crédito. E voltando o giro da economia”, afirma.
Segundo ele, é “extremamente importante que esses consumidores voltem a consumir.
“Mesmo de forma gradual voltem a consumir para que o varejo tenha possibilidade não só de faturar mas também de investir tanto em pessoas como equipamentos”, afirma.
A partir desse sábado podem funcionar das 6h às 18h:
Restaurantes e similares, como lanchonetes e bares, com 25% de ocupação de clientes sentados e servindo refeição;
Salão de beleza e barbearia;
Atividades culturais:
Academias.
Os parques seguem podendo funcionar das 6h às 18h.
Na manhã deste sábado (1º) o Parque do Ibirapuera já registrava movimento intenso às 8h, com pessoas praticando atividade física como bicicleta e corrida. A maioria das pessoas utilizava máscara de proteção, seguindo os protocolos recomendados pelas autoridades de saúde.
Fases do Plano São Paulo, que determina as regras da quarentena em SP
Arte/G1
Médico recomenda evitar aglomeração
A terceira fase da flexibilização acontece em um momento em que as internações voltaram a subir. Na quarta-feira (28), a média de novas internações chegou a 2.252. Abril foi o mês 21.539 mortes, um número 425 maior que março, que até então era o pior mês da pandemia.
Para Max Igor Lopes, infectologista do Hospital das Clínicas, a manutenção do comércio aberto só será possível se todos colaborarem. A dica é passar longe das aglomerações.
“O bom senso é a melhor ferramenta. Se você chega em um determinado local, você vê que pode ter muita gente, evite ir nesse local nesse momento, volta mais tarde, o horário está ampliado justamente para permitir maior distribuição no tempo, relacionada a essas atividades”, afirma.
Abre e fecha
Confira o que abre e fecha neste sábado (1º), quando se comemora o Dia do Trabalhador:
Na capital, prontos-socorros, unidades da Assistência Médica Ambulatorial (Amas) 24 horas e Unidades de Pronto Atendimento (Upas) atendem o dia todo;
Funcionamento normal também no pronto-atendimento de hospitais estaduais;
Já as Amas especialidades e as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) estão fechadas neste sábado (1º);
Dois postos da Fundação Pró-sangue estão funcionando para quem agendou a doação: no Hospital das Clínicas, o atendimento é até as 17h. Já no Hospital Regional de Osasco é até as 16h;
As farmácias de medicamento de alto custo e da rede Dose Certa estão fechadas;
Os restaurantes Bom Prato funcionam no horário tradicional, e servem o almoço e também o jantar;
No Poupatempo, o atendimento neste sábado (1º) é apenas por meio dos canais digitais.
Veja o horário de funcionamento de alguns serviços no Dia do Trabalho

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta