BCN 

Votorantim inicia cadastro para pessoas entre 60 e 62 anos receberam vacina contra Covid-19

Compartilhar

Inscrição já pode ser feita pela internet. Cadastramento em uma das 15 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade começa na segunda-feira (3). Votorantim inicia cadastro para pessoas entre 60 e 62 anos receberam vacina contra Covid-19
Agência Brasil/Divulgação
A Prefeitura de Votorantim (SP) iniciou o cadastro para pessoas entre 60 e 62 anos de idade receberem a vacina contra a Covid-19. A inscrição pode ser feita por meio deste link.
O cadastramento em uma das 15 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Votorantim para o público desta faixa etária poderá ser feito a partir de segunda-feira (3). Basta levar o CPF e o comprovante de residência em Votorantim com o próprio nome.
O início da vacinação em pessoas entre 60 e 62 anos de idade ainda não foi definido. A data será informada assim que o município receber novas doses do Governo do Estado de São Paulo.
O cadastro eletrônico possui 16 campos obrigatórios para serem preenchidos. A pessoa deverá incluir o nome completo, data de nascimento, idade, sexo, telefone de contato, rua, bairro, CEP, número da residência, cidade, profissão e informar se possui alguma comorbidade. A lista inclui também o número do CPF, o nome da mãe, a raça, se está acamado e qual é a UBS de referência em Votorantim.
No fim do cadastro, a pessoa precisará declarar ser responsável pelas informações preenchidas. Também há um aviso de que, no dia da vacinação, deverá apresentar RG, CPF, comprovante de residência e de atuação profissional (em caso de profissional da área da saúde).
Acima de 63 anos
Termina nesta sexta-feira (30) o cadastro para pessoas acima de 63 anos receberam a primeira dose da vacina em Votorantim. A inscrição pode ser feita por meio da internet ou em uma UBS da cidade.
‘Repescagem’
A Secretaria de Saúde vai promover na terça-feira (4) a última chamada para primeira dose de pessoas com idade entre 63 e 67 anos. O mesmo procedimento será feito, desta vez com a segunda dose, em pessoas acima de 68 anos que receberam a primeira dose há mais de 21 dias da CoronaVac/Butantan.
O governo municipal ressalta a importância de a pessoa receber a segunda dose. Somente após as duas aplicações o indivíduo poderá ser imunizado contra o coronavírus.
VÍDEOS: veja as reportagens do Bom Dia Cidade e do TEM Notícias de Sorocaba e Jundiaí
Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta