BCN 

Desempenho escolar e Home School: 7 dicas para manter o ritmo

Compartilhar

Pesquisas apontam que os estudantes no mundo inteiro vivenciaram problemas emocionais, como tristeza e ansiedade Devido à pandemia, o desempenho escolar de muitos estudantes caiu no período em que ficaram em home school.
Conheça algumas dicas do Colégio Planck para que as crianças e jovens mantenham o interesse e o rendimento escolar mesmo estudando em casa.
O que ocorreu com o desempenho escolar na pandemia?
De acordo com dados da Unesco, a pandemia afetou 1,5 bilhão de estudantes em mais de 188 países.
Foi assim que a crise sanitária acabou estimulando um avanço tecnológico no setor da Educação e acelerou a sedimentação do ensino híbrido.
Boa parte dos estudantes conseguiu acionar o home school e manter uma continuidade na programação curricular com aulas remotas. No entanto, também se tornou um desafio manter a atenção nos estudos.
Para o Colégio Planck, o home school foi uma oportunidade de desenvolver ainda mais as habilidades dos estudantes, que se tornaram mais autônomos, responsáveis e resilientes. Eles aprenderam a organizar o próprio tempo e ter autogestão dos seus estudos.
No entanto, para que o home school caminhe junto com o bom desempenho escolar, o Planck dá 7 dicas para seus estudantes:
1 – Siga orientações do Colégio
Seguir as atividades propostas pela instituição escolar ajuda que o estudante mantenha o desempenho em alta.
Durante o home school, o Colégio Planck ofereceu uma rotina programada para que os estudantes continuassem engajados, com aulas curriculares e disciplinas eletivas, exercícios, simulados, redações e diversas atividades extracurriculares online.
2 – Esteja em um ambiente silencioso e organizado
Um ambiente tranquilo, onde os estudantes possam seguir as aulas sem distrações, é importante para a manutenção do desempenho escolar.
Além disso, ter todos os materiais pedagógicos à mão também facilita para evitar interrupções, que podem prejudicar o entendimento do conteúdo e desviar a atenção do estudante.
3 – Mantenha sempre foco
Evite dividir o espaço de estudo com outras atividades que vão prejudicar a atenção, como deixar a TV ligada ou ficar em ambientes onde ocorram outras manifestações dinâmicas.
4 – Estude todos os dias como se estivesse na escola
Manter os horários seguidos na escola, vai ajudar o estudante a direcionar a sua mente para a rotina necessária em seus estudos.
Tenha disciplina também em relação às tarefas e atividades escolares que são necessárias além dos horários das aulas online.
5 – Compartilhe dúvidas e dificuldades com professores e equipe pedagógica
Quando surgir dúvidas, os estudantes devem manifestar na própria sala online de aula ou não deixar de frequentar os plantões que irão suprir essas lacunas no aprendizado.
Além disso, caso surjam problemas para cumprir uma rotina de estudos, o estudante também deve acionar a Orientação Pedagógica do Colégio para fazer os ajustes necessários.
6 – Pais devem dar apoio e abrir espaço para o diálogo
Os pais devem estar atentos e observar como anda a atenção, rendimento e condutas dos seus filhos no que se refere ao home school.
Promova uma escuta ativa, ofereça colo e abraços, quando necessário, sem deixar de exigir a frequência e interesse deles nas atividades escolares.
7 – Colégio e família devem criar uma parceria forte
Os resultados do home school vão depender também do alinhamento que os responsáveis e as instituições escolares vão manter para observar o desempenho escolar e as possíveis dificuldades dos estudantes. É preciso manter muito diálogo entre as partes.
Quando o Colégio tem essa relação mais próxima da família, pode ajudá-los a mostrar o que deve ser observado e como ajudar os filhos a ter bons resultados estudando em casa.

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta