BCN 

Hospital de campanha montado em hotel passa a oferecer pronto atendimento em Ourinhos

Compartilhar

Pacientes com suspeita de coronavírus podem procurar a unidade, que passou por restruturação, 24 horas por dia. Mini usina de oxigênio foi instalada no local. Hospital de campanha montado em hotel passa a oferecer pronto atendimento em Ourinhos
TV TEM/Reprodução
O hospital de campanha montado em um hotel de Ourinhos (SP) no início da pandemia de coronavírus teve mudança no atendimento a partir desta quarta-feira (28). Agora, além das internações, a unidade também oferece serviço de pronto atendimento para pacientes com sintomas da Covid-19.
De acordo com a prefeitura, o Hospital Covid-19 está funcionando 24 horas por dia com portas abertas. Com isso, os moradores podem procurar a unidade para receber atendimento sem necessidade de um encaminhamento médico para internação.
“É feita uma triagem na recepção e passada para os médicos que vão fazer a avaliação. Diagnosticando o que está acontecendo, se realmente é quadro de Covid, os pacientes serão orientados e, dependendo do caso, encaminhados para casa ou para ficar na própria unidade”, explica o secretário de Saúde, Donay Neto.
Hospital de campanha em hotel de Ourinhos passa a funcionar como pronto-atendimento
Para a mudança no atendimento, o hospital de campanha foi reestruturado. Nesta quarta-feira, alguns ajustes ainda estavam sendo finalizados do lado de fora, mas os consultórios no saguão já estavam funcionando.
O número de leitos de enfermaria na unidade, que foi implantada através de uma parceria da prefeitura com a Santa Casa no Grande Hotel, continua o mesmo. De acordo com o secretário de Saúde, são 50 leitos, mas agora com mais estrutura e oxigênio chegando direto em todos os quartos.
Já o número de leitos de estabilização aumentou de quatro para oito. Eles servem como semi UTIs, utilizadas antes de transferir o paciente para outro hospital mais equipado. Segundo a prefeitura, foram contratados mais 35 funcionários depois da reestruturação.
Essa mudança no formato de atendimento já era para ter sido feita no início do mês, mas foram necessárias mais adaptações do que a prefeitura previa, inclusive com a instalação de uma mini usina de oxigênio, que já está funcionando.
Mini usina de oxigênio foi instalada em hospital de campanha em Ourinhos
TV TEM/Reprodução
Para ‘desafogar’ a UPA
Mais de duas mil pessoas da região de Ourinhos já receberam atendimento no hospital desde que ele passou a funcionar, em abril do ano passado. O custo mensal, segundo a prefeitura, gira em torno de R$ 1,4 milhão, e o estado está repassando R$ 650 mil mensais.
Hospital de campanha em Ourinhos teve mudança no atendimento para desafogar UPA
TV TEM/Reprodução
De acordo com o secretário de Saúde, a reestruturação do Hospital Covid vai contribuir para desafogar o atendimento na UPA e nos postos de saúde, melhorar e ampliar a capacidade de atendimento das pessoas com Covid e minimizar o máximo possível a transferência de pacientes para UTI.
“A UPA está sobrecarregada, muita gente está indo para lá. Estamos em um período de muitas síndromes gripais que se confundem com a Covid, mesmo alguns sintomas de dengue. Então, para que essa triagem seja feita de melhor forma, a história do hospital de campanha mudar a estrutura foi por conta disso”, completa Donay Neto.
Hotel acomoda 56 pacientes com sintomas leves e tem 4 leitos de UTI em Ourinhos
Adolfo Lima/TV TEM
VÍDEOS: assista às reportagens da região
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta