Sangue de atirador ajuda nas investigações e suspeito de homicídio é preso na RMC

Compartilhar

O sangue deixado no chão durante um luta corporal serviu como prova técnica para prender um suspeito do homicídio de Nelson Heitor de Oliveira, de 35 anos, ocorrido no dia 15 de dezembro de 2020, na Cidade Industrial de Curitiba(CIC). A prisão do suspeito ocorreu na segunda-feira (26), em Campo Largo, na (RMC), em operação da Polícia Civil (PCPR).

Jovem mata mãe a marteladas e diz que obedeceu em Goiás; criança presenciou crime

O crime teria relação com tráfico de drogas. O suspeito atirou contra a vítima e, durante uma luta corporal, desferiu um tiro na própria perna. Na fuga, deixou um rastro de sangue e perdeu um calçado, que acabaram auxiliando nas investigações da PCPR. A vítima tentou reagir e o atirador acabou atirando contra a própria perna.

O sangue foi analisado e uma prova técnica conseguiu qualificar o autor desse homicídio”, disse o delegado Thiago Nóbrega, que acompanha o caso.
O preso, que não teve o nome divulgado, possui passagens por roubo e tráfico de drogas.

Publicado primeiro em Banda B » Sangue de atirador ajuda nas investigações e suspeito de homicídio é preso na RMC

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta