BCN 

Moradores de Analândia sofrem com a falta de ônibus intermunicipais

Compartilhar

Acesso a Rio Claro e a Pirassununga fica restrito sem o serviço de transporte coletivo.
Moradores de Analândia ficam sem ônibus intermunicipal para Rio Claro e Pirassununga
Moradores de Analândia (SP) reclamam da escassez de ônibus intermunicipais devido à desativação da linha que realiza o percurso entre a cidade e os municípios vizinhos de Rio Claro e Pirassununga.
A equipe da EPTV, afiliada da Rede Globo, entrou em contato com a VB Transportes, única empresa responsável por prestar o serviço em Analândia, mas não obteve resposta.
A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) informou que a linha está inoperante em razão da baixa demanda de passageiros, após o decreto das medidas restritivas de circulação no combate à pandemia de Covid-19.
A prefeitura do município também foi acionada, porém, em resposta à ausência de ônibus intermunicipais, o representante do órgão afirmou que as questões referentes ao departamento de transporte não são de responsabilidade da administração municipal.
Dificuldades
Analândia
Reprodução EPTV
Com a ausência do transporte, os moradores de Analândia têm enfrentado dificuldades para transitar entre uma cidade e outra, já que muitos dependem dos municípios vizinhos para terem acesso a serviços que não são oferecidos na cidade, como óticas e hospitais que atendem por convênio médico.
A moradora Aparecida Conceição Marcondes de Moura é aposentada e coordena um ateliê de artesanato. Ela depende do ônibus para comprar os materiais necessários na confecção das peças, que são encontrados apenas em Rio Claro. Sem o transporte, Aparecida precisou recorrer a outro meio para chegar à cidade vizinha.
“Eu tenho contratado uma pessoa aposentada que dirige para a gente, porque eu não dirijo e meu marido também está impossibilitado. Então, eu tenho que contratar uma pessoa quando tenho que fazer esses serviços fora da cidade. Mas, somos aposentados e fica difícil bancar esse transporte privado”, explica a moradora.
A cidade de Analândia
Arquivo/EPTV
O morador Eder Alberto Silva Santos também relata problemas quando o assunto é locomoção em Analândia, mesmo acionando o serviço de transporte por aplicativo ou privado.
“Para quem está trabalhando em Analândia, está muito difícil se locomover, porque agora dependemos de carro particular e não é toda hora que conseguimos”, relata.
A Artesp afirma que publicou comunicados para informar a outras empresas sobre a situação, na tentativa de estudar as ações que poderão ser tomadas diante das dificuldades impostas pela pandemia.
Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta