BCN 

Agências da Caixa Econômica em Mogi fecham por causa de paralisação de funcionários, diz Sindicato

Compartilhar

Entidade afirma que categoria faz paralisação de 24 horas nesta terça-feira por conta da falta de funcionários e pela vacina da Covid-19. Paralisação atinge também Poá. Biritiba Mirim e Salesópolis têm adesão parcial. Já em Suzano funcionamento é normal. Agência da Caixa Econômica na Avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco, em Mogi das Cruzes, está com aviso de greve
Alessandro Batata/ TV Diário
As agências da Caixa Econômica Federal de Mogi das Cruzes estão fechadas nesta terça-feira (27) por causa de uma paralisação dos funcionários, segundo o Sindicato dos Bancários de Mogi das Cruzes e região. Segundo a entidade, as agências de Suzano não aderiram ao movimento. Já em Biritiba Mirim e Salesópolis a adesão é parcial.
O presidente do Sindicato, Clayton Teixeira Pereira, destaca que a paralisação com duração de 24 horas começou após decisão em uma assembleia virtual na sexta-feira (23). Segundo o sindicato, o movimento ocorre por conta da falta de funcionários nas agências da Caixa Econômica, a venda da parte de seguros do banco e a vacinação dos funcionários contra a Covid-19.
De acordo com o Sindicato, os funcionários do banco são impactados pela demanda do auxílio emergencial, o que aumenta o volume de clientes e gera filas maiores nas agências, causando aglomeração e risco para a Covid.
O G1 tenta contato com o Sindicato dos Bancários de Guarulhos que cuida das cidades de Itaquaquecetuba, Arujá e Ferraz de Vasconcelos e também com o Sindicato dos Bancários de São José dos Campos que atende Guararema e Santa Isabel para saber como está a paralisação nos municípios.
Além disso, a reportagem pediu e aguarda uma posição da Caixa Econômica Federal sobre a situação das agências na região.
Assista a mais notícias

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta