BCN 

Equipes fazem vistoria em escola onde menino morreu após tomar choque em poste no litoral de SP

Compartilhar

Perita criminal esteve na escola coletando dados e informações no local onde ocorreu a descargar elétrica. Menino de 10 anos estava no jogando futebol no local, neste domingo (25), quando tocou no poste e morreu. Equipes da CPFL verificaram a rede de energia elétrica da escola onde menino morreu após tomar choque em poste em São Vicente, SP
Rodrigo Nardelli/G1
Equipes da Polícia Científica e da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) fizeram vistorias, nesta segunda-feira (26), na escola estadual Mário Covas Junior, em São Vicente. O menino Davi Cristian Silva Santos, de 10 anos, morreu neste domingo (26) após tocar em um poste energizado no estacionamento da escola.
As aulas presenciais foram suspensas nesta segunda-feira, para que todas as garantias de segurança fossem tomadas. Uma equipe da Diretoria Regional de Ensino esteve na escola e uma placa foi fixada no portão da unidade, avisando que não haveria aulas presenciais e nem atendimento ao público.
Uma perita criminal esteve na escola coletando dados e informações no local onde ocorreu a descargar elétrica. Técnicos da CPFL estiveram a escola para averiguar os postes de energia elétrica que ficam na unidade. As informações obtidas pelas equipes irão devem ajudar a elaborar um laudo técnico. O documento deve auxiliar a investigação da Polícia Civil sobre o caso.
Davi Cristian, de 10 anos, morreu eletrocutado após descarta elétrica de poste dentro de escola
G1 Santos
Segundo testemunhas, Davi estava jogando bola no estacionamento da escola quando tocou em um poste energizado e caiu no chão. Uma pessoa teria puxado o menino para longe do poste, ao perceber que ele estava levando choque. Ele foi levado para o Pronto Atendimento Parque das Bandeiras, mas teve uma parada cardiorrespiratória e morreu.
Além dos laudos, a escola tem câmeras de monitoramento que podem ajudar a polícia entender o que ocorreu no local.
Equipes fazem vistoria em escola onde menino morreu após tomar choque em poste em São Vicente
Rodrigo Nardelli/G1
Em nota, a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo disse que lamenta o ocorrido e informou que a unidade escolar estava trancada, como ocorre em todos os finais de semana. O boletim de ocorrência foi registrado e o caso inserido no Placon, sistema do Programa Conviva que tem como principal objetivo monitorar a rotina das escolas da rede estadual. Também foi acionado o Conselho Tutelar.
O G1 entrou em contato com a Secretaria de Segurança Públicar para obter mais informações a sobre o trabalho da perícia na escola, mas o órgão não se pronunciou sobre o assunto até a publicação destsa reportagem.
Equipes fazem vistoria em escola onde menino morreu após tomar choque em poste em São Vicente
Rodrigo Nardelli/G1

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta