BCN 

Preço do óleo de soja cresce mais de 90% na cidade de SP em 12 meses, segundo IPC-Fipe; alta do arroz chega a 63%

Compartilhar


Segundo a Fipe, o preço geral da cesta básica na capital paulista teve aumento médio de 19,09% em 12 meses. A alta foi puxada principalmente pela carne bovina, que teve alta média de 31,62%; itens como acém, coxão duro e músculo atingiram 38,76% de alta. Óleo de soja registra alta nos supermercados
Chico Escolano/EPTV
O preço de alguns itens da cesta básica variaram mais de 90% no período de 12 meses na cidade de São Paulo, segundo os dados do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) em março.
De acordo com o instituto, o preço do óleo de soja e do arroz foram os que mais acumularam alta nos últimos 12 meses. O óleo registrou alta de 91,88% em 12 meses, embora tenha recuado 1,53% no mês de março e acumulado queda de 5,06% desde janeiro de 2021.
No caso do arroz, a alta dos últimos 12 meses é de 63,22%. Em março, o preço do produto recuou 0,58%, acumulando queda de 3,75% desde janeiro de 2021. Porém, o valor é insuficiente para corrigir o forte avanço do preço do produto nos últimos 12 meses.
Segundo a Fipe, o preço geral da cesta básica na cidade de São Paulo teve um aumento médio de 19,09% em 12 meses, atingindo 0,72% de alta só no mês de março. Desde janeiro, a alta média do ano está acumulada em 0,89%.
Tabela de preços calculados pela FIPE na cidade de São Paulo em março.
Reprodução
Carnes bovinas
O IPC da Fipe também apurou em março que o preço médio da carne bovina na cidade de São Paulo subiu 0,60%, acumulando alta média de 31,62% nos últimos 12 meses.
O coxão duro, o acém e o músculo, itens geralmente mais consumidos pelas famílias de baixa renda, foram os que mais tiveram alta nos preços em 12 meses.
No caso do coxão duro, a alta acumulada é de 37,72%, enquanto o acém teve um aumento de preço de 36,25% no mesmo período.
No caso do músculo, a alta foi ainda maior: 38,76% de acréscimo nos últimos 12 meses.
VÍDEOS: Tudo sobre São Paulo e região metropolitana

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta