BCN 

Comércios do Alto Tietê retomam atendimento no primeiro dia útil da fase de transição do Plano SP

Compartilhar


Flexibilização no estado de São Paulo permite que shoppings e lojas de rua tenham atendimento presencial, das 11h às 19h, com público limitado a 25% da capacidade total. Retomada de atividades presenciais em comércios e igrejas é liberada durante nova fase
Esta segunda-feira (19) é o primeiro dia útil do Alto Tietê na “fase de transição” do Plano São Paulo, que permite que setores como o comércio, por exemplo, retomem o atendimento de maneira presencial, com restrições de horário e público.
Neste primeiro momento, shoppings e lojas de rua podem funcionar das 11h às 19h, com público limitado a 25%. Cultos, missas e outras atividades religiosas coletivas também podem ocorrer desde domingo (18) com restrições.
Estado de SP entra no 1º dia útil da fase de transição da quarentena; veja o que abre e o que permanece fechado
A reportagem da TV Diário esteve no Centro de Ferraz de Vasconcelos nesta segunda-feira e conversou com alguns lojistas, que perceberam um aumento no movimento.
A reportagem registrou também alguns comércios seguindo os protocolos de combate à Covid-19, com aferição de temperatura, disponibilidade de álcool em gel e pedidos para que os clientes usem máscara.
Comércio de Ferraz de Vasconcelos em funcionamento nesta segunda-feira (19)
Reprodução/TV Diário
Segundo a presidente da Associação Comercial de Ferraz de Vasconcelos, Emilene Ferreira, a retomada do setor antes do Dia das Mães, no dia 9 de maio, é muito importante para o setor.
“Para o comércio poder usar este momento de vendas, que é muito grande, só perde para o Natal. As pessoas estão há muitos dias com suas lojas fechadas e, se elas puderem usar esse período de compras, que é de um aquecimento natural do comércio, acho que vai melhorar muito a situação econômica da cidade”.
“Estamos em diálogo constante com os comerciantes. Eles estão muito conscientes de que há a necessidade de se fazer com que as lojas sigam os protocolos básicos. Todas as lojas que fomos visitar estão aferindo a temperatura das pessoas, estão com álcool em gel. Então eles estão cumprindo com o combinado”.
A presidente reforçou também a importância de haver consciência não apenas da parte dos comerciantes, mas também dos clientes que vão até as lojas.
“Nossa preocupação é que as pessoas que estão vindo, que não venham só porque precisam sair de casa. Que tenham uma compra consciente. Se puderem aguardar o produto chegar em suas residências, é melhor. A gente pede a colaboração de todos”.
A partir do próximo sábado (24), a fase de transição do Plano São Paulo prevê a liberação do funcionamento de setores como restaurantes, lanchonetes, salões de beleza, academias, entre outros, que também terão restrições de horários e público.
Assista a mais notícias do Alto Tietê

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta