Ocupação de leitos de UTI para Covid-19 continua em 97,5% nos hospitais estaduais do Alto Tietê

Compartilhar


Dados da Secretaria Estadual da Saúde apontam uma pequena queda na ocupação dos leitos de enfermaria, que registrou taxa de 87,5% nesta quinta-feira (8) Hospital Estadual Doutor Arnaldo Pezzuti Cavalcanti, em Mogi das Cruzes; Dr Arnaldo Pezzuti
Vinícius Silva/TV Diário
Os hospitais regionais do Alto Tietê registraram, nesta quinta-feira (8), taxa de ocupação de 97,5% dos leitos de UTI reservados para pacientes da Covid-19. De acordo com dados da Secretaria Estadual da Saúde, os leitos de enfermaria também tiveram uma pequena redução na taxa média de ocupação, ficando em 87,5%.
Leitos de UTI para Covid-19
O Alto Tietê conta, atualmente, com 79 leitos de UTI distribuídos nos hospitais Luzia de Pinho Melo e Doutor Arnaldo Pezzuti, em Mogi das Cruzes, Hospital Santa Marcelina em Itaquaquecetuba e Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos. Apenas um leito, no Arnaldo Pezzuti, continua desocupado.
Leitos de enfermaria para Covid-19
Além dos leitos de UTI que já estão em funcionamento, a região deve ganhar 20 novas Unidades de Terapia Intensiva a partir da próxima semana. A organização social responsável pela administração do Hospital das Clínicas de Suzano abriu processo seletivo para contratar profissionais das áreas de saúde e de administração, para dar seguimento à ampliação dos leitos para Covid-19 na unidade. Também está prevista a instalação de outros 10 leitos de enfermaria.
Em nota, a Secretaria Estadual da Saúde lembra que as taxas de ocupação variam no decorrer do dia em virtude de fatores como altas, óbitos ou transferências para leitos de enfermaria ou UTI, por exemplo.
A secretaria mantém o monitoramento do cenário da Covid-19 em todas as regiões do estado. A pasta informou ainda que a sobrecarga na rede de saúde já é uma realidade em diversos locais e os serviços do Sistema Único de Saúde (SUS) esforçam-se para garantir assistência adequada e oportuna a todos.

Compartilhar

Deixe uma resposta