Cidade de SP está atrás de 23 capitais e do DF na vacinação de idosos contra a Covid-19

Compartilhar

Em nota, governo do estado informou que vacinou mais pessoas em números absolutos. Levantamento realizado pelo SP2 mostra que, entre as capitais, somente Cuiabá está num ritmo mais lento, vacinando idosos com mais de 70 anos. Vacinação em São Paulo está menos adiantada do que em 24 capitais brasileiras
Na maior parte do Brasil, a vacinação de idosos contra a Covid-19 está mais avançada do que em São Paulo. A capital paulista, atualmente, está vacinando idosos de 68 anos ou mais, assim como Teresina, enquanto 23 capitais e o Distrito Federal já estão imunizando pessoas com menos de 68 anos.
O levantamento foi realizado pelo SP2 com base em reportagens sobre a vacinação do G1 nos 26 estados e no Distrito Federal. Manaus, Belém, Boa Vista e João Pessoa, por exemplo, já estão vacinando idosos de 60 anos.
Entre as capitais, somente Cuiabá está vacinando idosos com mais de 70 anos.
O governo de São Paulo informou que o estado foi o que mais vacinou pessoas em números absolutos.
O Ministério da Saúde disse que distribui doses em quantidade igualitárias e que orienta que sejam aplicadas no público-alvo, no entanto, estados possuem autonomia para mudar a estratégia de vacinação.
Quem pode se vacinar em São Paulo
Desde a última segunda (5), os policiais e demais servidores da área da segurança pública começaram a ser vacinados no estado. No dia 12, será a vez dos profissionais da educação com mais de 47 anos.
Idosos de 67 anos serão imunizados a partir do dia 14 de abril e quem tem entre 65 e 66 anos, uma semana depois, no dia 21. De acordo com a gestão estadual, a expectativa é a de vacinar 350 mil pessoas de 67 anos e 760 mil entre 65 e 66 anos.
Vacinômetro
De acordo com o último balanço da Secretaria Estadual de Saúde, atualizado até 20h10 desta quinta-feira (8), 7.265.475 doses de vacinas contra a Covid-19 foram aplicadas no estado.
Dessas, 5.292.085 correspondem a aplicações de primeira dose e 1.973.390, de segunda dose.
Vídeos: Tudo sobre São Paulo e região metropolitana

Compartilhar

Deixe uma resposta