Sorocaba antecipa vacinação contra Covid de profissionais da educação a partir de 47 anos

Compartilhar


Outras cidades da região também dão continuidade à campanha de vacinação contra o coronavírus; confira o cronograma. Sorocaba antecipa vacinação de profissionais da educação
Prefeitura de Sorocaba/Divulgação
A Prefeitura de Sorocaba (SP) antecipou o início da vacinação contra a Covid-19 dos profissionais da educação das redes pública e privada que tenham a partir de 47 anos de idade para esta sexta-feira (9). Serão aplicadas doses da CoronaVac.
A vacinação ocorrerá das 8h às 16h, na Igreja Universal do Reino de Deus, próxima ao Terminal Santo Antônio, e no Instituto Humberto de Campos, que fica na Rua Rosa Maria de Oliveira, 333, no Jardim Zulmira.
Serão disponibilizadas 4.160 vagas, que devem ser preenchidas por agendamento.
O profissional deverá realizar um cadastro prévio no site do Governo do Estado de São Paulo e, posteriormente, agendar sua imunização pelo site da prefeitura para saber o local e o horário da aplicação.
Para receber a vacina, o profissional deve apresentar um documento que comprove sua vinculação ativa com a escola ou apresentação de declaração emitida pela instituição de ensino.
Todos os professores e funcionários das escolas públicas e privadas do ensino básico (creches, pré-escolas, ensino fundamental e ensino médio) poderão ser imunizados, desde que tenham idade acima de 47 anos completos.
Sorocaba recebeu do estado mais 4.800 doses da CoronaVac para realizar a imunização dos profissionais da educação.
No município, aproximadamente 107 mil doses já foram aplicadas na população, o que equivale à imunização de quase 78 mil pessoas, entre a primeira e a segunda doses. A cidade já recebeu do Governo do Estado de São Paulo um total de 111.447 doses das vacinas contra a Covid-19, sendo 13.540 da AstraZeneca (Oxford) e 97.907 da CoronaVac (Sinovac).
Nos dois pontos de vacinação, também haverá arrecadação de alimentos não perecíveis organizada pelo Fundo Social de Solidariedade (FSS). O objetivo é distribuir os alimentos às famílias em situação de vulnerabilidade social na cidade. A doação é voluntária.
Região
Itu
Itu (SP) irá vacinar idosos com idade a partir de 68 anos nesta sexta-feira (9) e neste sábado (10) com a primeira dose da vacina contra a Covid-19.
A segunda dose da CoronaVac também será aplicada nesta sexta-feira em idosos com 75 anos ou mais que receberam a primeira dose até o dia 18 de março. Já no sábado será a vez da segunda dose para pessoas a partir de 72 anos que tenham recebido a primeira dose até o dia 20 de março.
Nos dois dias, a vacinação ocorre das 7h às 12h, na prefeitura (drive-thru) e na subprefeitura do Pirapitingui. Os idosos devem apresentar um documento com foto, CPF, comprovante de residência e carteira de vacinação (caso possua).
Familiares de idosos acamados que não são cadastrados no Melhor em Casa podem solicitar a vacinação em domicílio por agendamento via telefone (11) 4886-9611 ou presencialmente na Secretaria Municipal de Saúde. Nos idosos acamados, a segunda dose também será administrada em domicílio.
Nessas datas, a prefeitura também estará recebendo doações de alimentos não perecíveis, itens de higiene e limpeza, com o objetivo de auxiliar famílias durante a pandemia de Covid 19.
Piedade
Neste sábado, ocorre a aplicação da segunda dose da vacinação contra a Covid-19 para quem está agendado em Piedade (SP), das 8h às 12h, no Pátio do Divino. A aplicação será feita por sistema drive-thru e por fila de pedestres.
Esta etapa é para quem tomou a CoronaVac e está agendado para o dia 10 de abril, conforme data marcada no comprovante de recebimento da primeira dose. Serão 920 vacinas destinadas a este público.
Para tomar a vacina, o idoso deve apresentar RG, CPF, cartão SUS e comprovante de recebimento da primeira dose.
Já os profissionais da educação com idade a partir de 47 anos vão receber a vacina na segunda-feira (12), das 8h às 12h, no Pátio do Divino. Para tomar a vacina, o trabalhador desta área deve se cadastrar pelo site do Governo de São Paulo.
No dia da campanha, o profissional deve estar munido de RG, CPF e comprovante VacinaJá Educação (QRCode). Caso não mostre o comprovante ou se houver divergência no número de CPF apresentado, o profissional não poderá ser vacinado.
Para este público serão destinadas 460 doses. A organização dos profissionais da educação será por fila de pedestres.
VÍDEOS: veja as reportagens do Bom Dia Cidade e do TEM Notícias
Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí

Compartilhar

Deixe uma resposta