Nº de leitos desocupados em unidade de referência para Covid-19 tem aumento em Nova Odessa

8 de abril de 2021 0 Por
Compartilhar


De acordo com o Departamento de Vigilância Epidemiológica, houve quatro altas médicas na enfermaria, baixando o número de pacientes internados de 16 para 12. Unidade Respiratória de Nova Odessa
Divulgação/ Prefeitura de Nova Odessa
A Secretaria da Saúde de Nova Odessa (SP) confirmou nesta quinta-feira (7), por meio do boletim diários de acompanhamento da pandemia do novo coronavírus, que o número de “leitos Covid” de enfermaria (ou seja, de baixa e média complexidade) disponíveis na Unidade Respiratória (UR) do Jardim Alvorada subiu nas últimas 24 horas.
De acordo com dados do relatório apresentado pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica, houve quatro altas médicas, baixando o número de pacientes internados de 16 para 12.
Já na nova “ala Covid” do Hospital e Maternidade Municipal e nos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) localizados em hospitais públicos e privados de outras cidades do Estado de São Paulo, o número de novaodessenses se manteve estável.
Seguiam internados, na quinta-feira 12 pacientes na enfermaria respiratória isolada do Hospital e outras 26 pessoas de Nova Odessa em leitos de UTI na região.
O município não registrou casos de falecimento nas últimas 24 horas e em relação ao número de positivados o número saltou de 3.230 para 3.293 pessoas infectadas desde o início da pandemia.
Neste momento, 972 pacientes “suspeitos” aguardam o resultado de exames – incluindo 11 óbitos suspeitos seguem aguardando confirmação dos exames de laboratório. Já 554 pacientes “positivados” da cidade seguem com orientação para fazer isolamento domiciliar total. Ao todo, 2.879 pessoas que foram positivadas em algum momento já são consideradas curadas da doença.
VÍDEOS: Veja reportagens sobre o cenário de pandemia na região
Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba

Compartilhar