Batatais, SP, vai tratar pacientes de Covid-19 com plasma convalescente, diz prefeito

Compartilhar


Material doado por pacientes curados pode ajudar na recuperação de infectados com risco de agravamento da doença. Instituto Butantan coordena rede experimental no estado. Plasma convalescente é usado para tratar pessoas contaminadas com o coronavírus
Reprodução/TV Globo
Pacientes com Covid-19 serão tratados com plasma convalescente em Batatais (SP), segundo o prefeito Juninho Gaspar. De acordo com o chefe do Executivo, o município foi incluído pelo Instituto Butantan na rede que utiliza o material nos infectados com maior risco de evoluir para um quadro grave da doença. Araraquara e Santos integram o projeto piloto.
O plasma é a parte líquida do sangue, onde ficam os anticorpos produzidos pelo organismo para combater as doenças. Essa substância, retirada de pacientes recuperados, pode ser aplicada em alguém que tenha sintomas da Covid-19. Os médicos esperam que, ao receber o plasma com os anticorpos, o doente tenha uma recuperação mais rápida.
De acordo com o Butantan, o protocolo e a e infraestrutura de tecnologia da informação serão compartilhados com o município.
Em nota divulgada nesta quinta-feira (8), a Prefeitura informou que a inclusão da cidade na rede de plasma foi aceita pelo Butantan na quarta-feira (7).
Poderão receber o tratamento pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus e que sejam imunossuprimidas, que tenham comorbidades e idade a partir de 60 anos.
A coleta de plasma é feita nos hemocentros do estado. Na região de Batatais, o Hemocentro de Ribeirão Preto faz a captação de doadores. (Leia mais abaixo)
Segundo o Butantan, uma ferramenta de assistência virtual organiza a rede, por meio do controle do estoque de plasma, monitoramento dos locais onde o material é distribuído e de quais pacientes serão contemplados. A ferramenta também auxilia os pesquisadores no acompanhamento da evolução clínica de cada pessoa que recebeu o plasma.
Ainda de acordo com o instituto, qualquer município pode aderir à rede.
Batatais tem hoje 3.208 casos confirmados de Covid-19 e 72 mortes, de acordo com a prefeitura. Segundo dados do governo de São Paulo, 6.697 moradores receberam a primeira dose da vacina e outras 2.089 já tiveram o reforço.
Doação de plasma
Para participar da iniciativa, o voluntário que preencher os requisitos para a doação deve se cadastrar exclusivamente pelo telefone 0800 979 6049. A coleta é feita no Hemocentro de Ribeirão Preto.
Mulheres que já engravidaram não devem doar por causa de um fenômeno raro, que compreende a geração de anticorpos que podem causar reações pulmonares nos pacientes.
Requisitos para voluntários
Ter sido diagnosticado com Covid-19 por meio de registros clínicos;
Ter se recuperado totalmente da doença há no mínimo 30 e no máximo 60 dias;
Preencher os requisitos básicos necessários para a doação de sangue;
Estar saudável no dia da doação;
Ter entre 18 e 60 anos;
Pesar mais que 60 kg;
Homens são doadores preferenciais;
Mulheres que já tenham engravidado não podem doar.
Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
Vídeos: Tudo sobre Ribeirão Preto, Franca e região

Compartilhar

Deixe uma resposta