Alto Tietê vai receber mais de 32 mil doses de vacina contra a Covid-19, diz Condemat

Compartilhar


Imunizantes serão destinados para segunda dose de idosos entre 72 anos e 74 anos e profissionais da educação. Profissionais da educação devem ser vacinados contra a Covid-19, a partir de 12 de abril
TV Globo / Reprodução
O Alto Tietê vai receber mais de 32 mil novas doses da vacina contra a Covid-19. A informação é do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat).
Desse total mais de 20 mil são para a segunda dose de idosos de 72 anos a 74 anos e mais de 11 mil para professores dos dez municípios da região.
No caso dos trabalhadores da educação serão imunizados os acima de 47 anos, entre professores, diretores e demais funcionários de escolas estaduais, municipais e particulares.
Desde o fim de janeiro a região do Condemat já recebeu 425.653 vacinas contemplando grupos de trabalhadores da saúde, idosos institucionalizados, idosos acima de 68 anos e agora avança com trabalhadores da educação. No caso dos trabalhadores das forças de segurança, a campanha está sendo organizada pela Secretaria de Segurança Pública do Estado.
A coordenadora da Câmara Técnica de Saúde do Condemat, Adriana Martins explicou que mesmo com o avanço nos grupos a serem vacinados ainda existe a cobrança e espera por novos imunizantes para os trabalhadores da saúde da região.
“A vacina para os trabalhadores da educação representa um avanço significativo para toda a região e os municípios estão se organizando para atender o público da melhor maneira, assim como o atendimento que vem sendo aplicado com os idosos. Porém ainda seguimos aguardando o envio de novas doses para imunização dos trabalhadores da saúde da região, que não foram contemplados em sua totalidade”, reforçou.
A expectativa é de que os trabalhadores de educação da região comecem a ser imunizados a partir de segunda-feira (12).
De acordo com o governo do Estado esses profissionais são obrigados a se cadastrarem pelo site do Vacine Já.
Segundo a Secretaria Estadual da Educação, os servidores só receberão a primeira dose depois que o sistema validar o registro e gerar um código, que deverá ser apresentado no dia da imunização.
Assista a mais notícias

Compartilhar

Deixe uma resposta