Projetos de educação ambiental da rede municipal de Marília recebem prêmio nacional

Compartilhar


Dois projetos da Emei 1,2…Feijão com Arroz ficaram entre os 100 premiados Dois projetos desenvolvidos na Escola Municipal Educação Infantil 1,2… Feijão com Arroz, da rede de ensino de Marília, foram selecionados entre os 100 ganhadores do “Prêmio Educação Infantil: Boas Práticas de Professores Durante a Pandemia”, realizado pela Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e a Fundação Itaú Social.
A escola foi contemplada pela realização, em 2020, dos projetos: “Horta-jardim na escola” e “Para o meio ambiente: reciclar pode ser divertido”. De acordo com a entidade, “a iniciativa foi criada para dar visibilidade ao trabalho dos professores que, diante dos desafios trazidos pela Covid-19 e pelo fechamento das unidades escolares, estiveram na linha de frente, comprometidos na articulação para possibilitar o contato e a comunicação próxima com seu grupo de crianças e familiares”. Em todo o estado de São Paulo, 34 projetos foram premiados.
Projetos
O Projeto “Horta-Jardim na Escola”, desenvolvido pelas professoras Jaqueline Rodrigues Ferreira e Sandra Aparecida Valentim dos Santos, surgiu a partir da Oficina de Ciências para as turmas de educação integral do Infantil I (crianças de 4 anos), com o objetivo de construir um espaço pedagógico que possibilitasse vivências e aprendizagens a partir do contato com a natureza.
Dentro do projeto foram realizadas diversas ações: as professoras fizeram o plantio – de forma síncrona – de uma pequena horta na escola com plantas comestíveis, ervas aromáticas e medicinais, postando atividades e fazendo vídeo aulas na plataforma “Educação em Casa”. O objetivo foi o de fomentar práticas alimentares mais saudáveis, incentivar a participação das crianças na elaboração de receitas, além da contação de histórias com a temática horta feita pela professora Tânia Maria Tolentino.
Desde pequenas as crianças da rede pública de ensino de Marília aprendem a plantar, cultivar, cuidar e se alimentar melhor por meio de projetos de educação ambiental nas escolas
Mauro Abreu/Assessoria de Imprensa PMM
Já o projeto “Para o meio ambiente: reciclar pode ser divertido”, de autoria da professora Ellen Golfi, foi realizado com crianças de maternal II (3 anos de idade), envolvendo a temática meio ambiente e reciclagem.
Por meio de vídeo aulas, links e vídeos do youtube, áudios e contatos pelo WhatsApp, aulas síncronas e pelo google meet, Ellen levou as crianças a explorarem todos os campos de experiências por meio de vivências lúdicas com materiais que iriam para o lixo. O projeto incentivou a criatividade e a sustentabilidade.
As crianças construíram instrumentos musicais, brinquedos, pinturas, desenhos além de colaborarem com a construção de um parque de pneus na escola, quando os pneus resgatados pelas famílias, professores e funcionários da escola criaram um espaço lúdico com brinquedos de pneus trazendo as crianças para o espaço escolar – mesmo que de forma remota – que será retomado com a volta das aulas presenciais.
Ambos os projetos premiados contaram com o apoio de toda equipe da escola e colaboraram para que os alunos e famílias continuassem participando ativamente da vida escolar.
O secretário municipal da Educação, Helter Bochi, visitou a escola para parabenizar toda a equipe envolvida nos projetos, acompanhado da supervisora de Educação Básica, Karina Carrião. Ele destacou, especialmente, a escolha da temática ligada à questão do meio ambiente, que foi elogiada também pelo prefeito Daniel Alonso.
“Nesse momento tão incerto e desafiador que todo o planeta passa, ver o reconhecimento de práticas pedagógicas de sucesso da nossa rede municipal no âmbito nacional é algo que nos deixa gratos. Isso é fruto do empenho de cada servidor de nossas escolas, focando o trabalho para o desenvolvimento intelectual, moral e social de nossas crianças”, afirmou o secretário.
Quer saber tudo o que acontece na cidade? Confira mais notícias de Marília aqui.

Compartilhar

Deixe uma resposta