Campanha ‘Vacina contra Fome’ reúne 27 cidades da região; veja participantes

Compartilhar


Ação incentiva a doação de alimentos por quem for receber a vacina contra a Covid-19 para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade. Campanha incentiva população a doar alimentos no momento da vacinação
Alice Sousa
Vinte e sete municípios da região aderiram à campanha ‘Vacina contra Fome’, lançada pelo Governo do Estado de São Paulo na quarta-feira passada (31) (veja a lista de municípios participantes abaixo).
A campanha incentiva a população a doar alimentos no momento da vacinação contra a Covid-19, levando 1 kg de alimento não perecível para doar às famílias em situação de vulnerabilidade.
Confira as cidades participantes:
Aguaí
Américo Brasiliense
Analândia
Araraquara
Boa Esperança do Sul
Brotas
Conchal
Corumbataí
Descalvado
Dourado
Ibaté
Itirapina
Mococa
Nova Europa
Porto Ferreira
Ribeirão Bonito
Rincão
Rio Claro
Santa Cruz da Conceição
Santa Cruz das Palmeiras
Santa Gertrudes
Santa Rita do Passa Quatro
São Carlos
Tambaú
Tapiratiba
Trabiju
Vargem Grande do Sul
Campanha
A campanha, desenvolvida pela Secretaria de Desenvolvimento Social com participação da Secretaria da Comunicação de São Paulo, tem como objetivo beneficiar famílias carentes e com déficit nutricional durante o enfrentamento da pandemia.
Na região de cobertura da EPTV Central, Rio Claro (SP) foi um dos municípios que aderiu à iniciativa. Para isso, ambos os postos de vacinação presenciais, Centro Cultural e Faculdade Anhanguera, e os locais de drive-thru, Hospital São Rafael, Unimed e Shopping. disponibilizaram caixas de coleta.
“Os alimentos que podem trazer são arroz, feijão, óleo, leite em pó e outros itens da cesta básica. Fica a critério de cada um, porque às vezes você não pode trazer um item, mas tem outras coisas que pode”, afirmou a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Vilma Spricigo.
A Secretaria de Desenvolvimento Social passará recolhendo as doações nos postos de vacinação para a preparação das cestas básicas. Essas cestas, então, serão direcionadas para as pessoas registradas no Cadastro Único e no Centro de Referência da Assistência Social (Cras) de cada território.
Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.

Compartilhar

Deixe uma resposta