Araraquara registra 4 mortes por Covid após 48h sem óbitos; ocupação de UTI cai para 87%

Compartilhar


Município também registrou nesta quarta-feira (7) mais 102 casos da doença e chegou a 17.800. Coronavírus home
Foto por Fusion Medical Animation no Unsplash/Divulgação
Após 48h sem registros de óbitos, Araraquara (SP) registrou quatro mortes por Covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da prefeitura divulgado nesta quarta-feira (7). A cidade tem 339 óbitos pela Covid desde o começo da pandemia.
Do lockdown a 48h sem mortes: veja trajetória de Araraquara em números
O município de 240 mil habitantes aplicou 10 dias de ‘lockdown’ em fevereiro e teve queda de casos e mortes pela doença. Em março, Araraquara teve 2.780 casos, redução de 33,8% em relação a fevereiro, quando foram registrados 4.218.
Nesta quarta-feira, o município também registrou mais 102 casos da doença e chegou a 17.800.
A ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva está em 87% (três pontos percentuais a menos que terça). Já os leitos de enfermaria estão com 63% de ocupação (4 pontos percentuais a mais que terça). Do total de 181 internados, 104 são de outras cidades.
Mortes
As mortes mais recentes divulgadas nesta quarta-feira são:
Mulher de 91 anos, com comorbidades, internada em hospital da rede particular desde 24 de março.
Homem de 41 anos, sem comorbidades, internado em hospital da rede particular desde 26 de março.
Homem de 63 anos, com comorbidades, internado em hospital da rede pública desde o dia 26 de março.
Homem de 79 anos, sem comorbidades, que faleceu em hospital da rede particular, em outro município, em 27 de dezembro de 2020, mas o registro só foi captado agora pelo sistema de informação.
As mortes semanais estão em queda na cidade. De 1 a 7 de março foram registradas 41 mortes, sendo a semana mais letal do ano. Já na semana de 29 de março a 4 de abril foram 10 óbitos. (veja abaixo o gráfico).
Novos casos e média móvel em queda
Araraquara registrou nesta quarta-feira mais 45 casos do novo coronavírus, o equivalente a 16% de 281 amostras analisadas nos serviços públicos de saúde.
Além destes, mais 57 foram positivados em laboratórios da rede complementar particular, totalizando 102 novos casos.
Do total de 17.800 confirmados, 411 permanecem em quarentena e 17.051 já saíram. Aguardam resultado de exames 236 amostras.
Em 21 de fevereiro, início do lockdown, a cidade tinha média móvel (soma dos casos registrados em uma semana dividida por sete) de 189,6 casos diários. Na segunda (5), a média chegou a 51,6 casos, queda de 72,8%, de acordo com acompanhamento dos pesquisadores do Grupo de Inovação e Extensão em Engenharia Urbana da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).
Internações
A cidade tem 181 pacientes estão internados. Destes, 100 estão em enfermaria (8 suspeitos e 92 confirmados) e 81 estão na UTI (2 suspeitos e 79 confirmados).
Com relação às internações nos serviços hospitalares que disponibilizam leitos para Covid-19 (públicos e privados), a cidade conta hoje com uma taxa de ocupação de 63% de leitos de enfermaria e 87% de UTI.
A Santa Casa de Araraquara tem 11 pacientes internados com Covid-19, a Unidade de Retaguarda do Melhado tem 19 pacientes e o Hospital de Campanha tem 46 pacientes.
Do total de 181 internados, 77 são moradores de Araraquara e 104 são de outros municípios e foram transferidos para hospitais da cidade, sendo que 52 estão em Enfermaria e 52 estão em UTI.
Os 104 pacientes de outros municípios residem em Americana, Américo Brasiliense (8), Araras (2), Cajuru, Cuiabá (MT), Descalvado, Gavião Peixoto (3), Guaíra (2), Ibaté (5), Ibitinga (3), Itápolis (2), Jaboticabal, Leme (3), Matão, Motuca, Nova Europa (3), Pirassununga, Pitangueiras, Porto Ferreira, Rincão (14), Santa Cruz das Palmeiras (3), Santa Lucia (3), São Carlos (33), São Gabriel do Oeste (MS), São José do Rio Preto, Tabatinga (7) e Tambaú.
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.

Compartilhar

Deixe uma resposta