Região de Campinas tem queda no número de novas internações por Covid-19 pela 1ª vez desde fevereiro

6 de abril de 2021 0 Por
Compartilhar


Dados são da Fundação Seade, que faz controle diário dos números de pessoas hospitalizadas nas 42 cidades do Departamento Regional de Saúde da 7ª região (DRS-7), com sede na metrópole. Média de mortes se mantém alta. O número diário de novas internações de pessoas com Covid-19 no Departamento Regional de Saúde da 7ª região (DRS-7) com sede em Campinas (SP) teve queda pela primeira vez desde fevereiro, de acordo com dados da Fundação Seade. A redução foi na média móvel em leitos de terapia intensiva (UTI) e enfermaria.
Nesta segunda-feira (5), a DRS-7, composta por 42 municípios, teve média móvel de 294 novos pacientes internados em vagas exclusivas para sintomáticos de coronavírus. Na semana passada a média era de 317, o que representa uma queda de 7,25%.
A última vez que a região teve queda significativa nesse índice foi em 15 de fevereiro, quando eram 103 internações novas por dia.
A redução percebida dentre os hospitalizados não ocorreu em relação às mortes, que se mantêm altas. Na semana passada, a média móvel era de 72 e nesta segunda estava em 73. Há duas semanas o índice era de 54 vítimas.
Internação por Covid-19 têm redução na região de Campinas
GloboNews
Fase mais restrita
A região está na fase emergencial do Plano São Paulo, com serviços não essenciais fechados para atendimento presencial, toque de recolher durante a noite e madrugada, além de barreiras sanitárias para conter o avanço da pandemia.
Campinas fecha 239 locais e lacra 70 desde início de toque de recolher e barreiras sanitárias
Campinas publica decreto com novas restrições para comércios essenciais e criação de barreiras sanitárias
Metrópole proíbe consumo de bebida alcoólica em praças e locais públicos
Hospitais ainda lotados
A situação dos hospitais, no entanto, segue próxima dos 100% de lotação ou ainda superlotada em algumas cidades. Só em Campinas, por exemplo, as vagas do Sistema Único de Saúde (SUS) do município e do estado estavam totalmente ocupadas nesta segunda (5).
Só havia opção de internação em leitos privados, mesmo assim só 11 dos 246 estavam vagos. Veja abaixo:
SUS municipal: 157 leitos, dos quais 157 estão ocupados (100%). Não há leito livre.
SUS estadual: 38 leitos, dos quais 38 estão ocupados (100%). Não há leito livre.
Particular: 246 leitos, dos quais 235 estão ocupados (95,53%). Há 11 leitos livres.
Hospitais do DRS de Campinas registram queda de 7% na média móvel de internações
VÍDEOS: Veja o que mais é notícia na região de Campinas
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Compartilhar