Promotoria Militar denuncia policial que matou colega de farda por homicídio qualificado

Promotoria Militar denuncia policial que matou colega de farda por homicídio qualificado
Compartilhar

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) denunciou por homicídio qualificado, nesta terça-feira (6), o policial militar Elias Postanovski, que é acusado pela morte do colega de farda Lecio Tadeu dos Santos. No documento, a 2ª Promotoria de Justiça de Auditoria Militar de Curitiba pede que Postanovski responda ao crime por motivo fútil, além de três previsões do Código Penal Militar: violação de dever inerente a cargo, estando de serviço e com emprego de arma.

Foto: Banda B

De acordo com a denúncia, “é certo que o denunciado atentou perante o bem jurídico maior, quando tirou o direito à vida de seu parceiro de farda por razão insignificante, mediante conduta extremamente censurável, em manifesta afronta ao ordenamento penal vigente.”

Segundo informações da polícia à Banda B, Elias e Tadeu começaram a discutir dentro de uma viatura da PM, resultando na morte. Tudo foi flagrado por uma câmera de segurança. Para a polícia, a versão oficial apontava que a briga começou quando Elias questionou a forma como Tadeu dirigia.

A Banda B procurou a defesa de Postanovski, mas não obteve sucesso. O espaço está aberto para manifestação.

Em nota, a assistência de acusação, representada pelo advogado Claudio Dalledone, informou que “a família está confiante na Justiça Militar do Estado, que irá promover a acusação de maneira intransigente.”

Publicado primeiro em Banda B » Promotoria Militar denuncia policial que matou colega de farda por homicídio qualificado

Compartilhar

Deixe uma resposta