Prefeitura de Guará, SP, proíbe venda de bebidas alcoólicas para evitar aglomerações

3 de abril de 2021 0 Por
Compartilhar


Estabelecimentos estão proibidos de comercializar produtos até o dia 21 de abril. Cidade de 21 mil habitantes tem 1.121 casos de Covid-19 e 48 mortes causadas pela doença. Guará, SP, proíbe comércio de bebidas alcoólicas para evitar aglomerações
A Prefeitura de Guará (SP) proibiu a venda de bebidas alcoólicas até o dia 21 de abril. A medida tem como objetivo desacelerar a transmissão do novo coronavírus e evitar as aglomerações.
Segundo o prefeito Vinicius Engenheiro (PSDB), a medida se fez necessária diante do aumento no número de pessoas infectadas na cidade. Com o foco em aglomerações, em festas e encontros familiares, bares, supermercados e outros estabelecimentos estão proibidos inclusive de fazer a venda de bebidas alcoólicas por delivery e drive thru.
“A gente tem visto um aumento frequente dentro das famílias, dentro das suas casas, em reuniões com os familiares, festas, churrascos de final de semana. Com essa proibição dos bares, supermercados, lojas de conveniência e similares, a gente vai conseguir diminuir essas reuniões e aglomerações.”
Quem descumprir as regras está sujeito à multa e poderá ter a loja interditada por até 90 dias. Em alguns casos, o alvará de funcionamento do estabelecimento pode ser suspenso.
Prefeitura de Guará (SP) proíbe vendas de bebidas alcoólicas até o dia 21 de abril
Reprodução/EPTV
Opinião da população
Nas ruas, a proibição divide a opinião dos moradores, mas no depósito de bebidas de Josimar Lopes da Silva, comerciante há 25 anos, a medida é tida como necessária, apesar de acreditar que sua eficácia aumentaria se fosse estendida para as demais cidades da região.
“Se todas as cidades acatassem o que o prefeito está fazendo, eu acho que não é uma coisa ruim, porque em Guará está morrendo muita gente. Mas pessoas vão às outras cidades e compram, né?”
Assim como ele, Jorge Rezende Tannous, dono de um supermercado na cidade, acredita que a decisão deve ser respeitada e já implementou em seu estabelecimento ferramentas para impedir a venda das bebidas.
“Já colocamos em prática e vamos apoiar as decisões para tentar diminuir o vírus na cidade.”
Medidas restritivas
Guará tem 21 mil habitantes. Desde o início da pandemia, a cidade registrou 1.121 casos de Covid-19, de acordo com balanço da prefeitura. Ao todo, 48 pessoas morreram com a doença.
O município não tem leitos de UTI e dos doentes em estado grave precisam ser transferidos para hospitais de cidades vizinhas e que estão cheios.
“Fique em casa, evite aglomerações. É hora da gente cuidar da vida, a Covid-19 não está escolhendo, está contaminando a família inteira”, diz o prefeito de Guará.
Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
Vídeos: Tudo sobre Ribeirão Preto, Franca e região
c

Compartilhar