Grupo de religiosos se reúne para pedir reabertura de igrejas em Rio Preto

Compartilhar


Avenida Alberto Andaló está interditada nos dois sentidos. Polícia Militar e Guarda Civil Municipal (GCM) acompanham a manifestação. Grupo ocupa avenida Alberto Andaló em Rio Preto
Arquivo Pessoal
Pastores evangélicos e frequentadores de igrejas de São José do Rio Preto (SP) realizam na manhã deste sábado (3) uma manifestação para reivindicar o retorno dos cultos religiosos.
O grupo se concentrou na frente do prédio da Prefeitura de Rio Preto, que fica na Avenida Alberto Andaló. O trânsito de veículos está interditado nos dois sentidos. A Guarda Civil Municipal (GCM) e a Polícia Militar acompanham a manifestação.
Não há informações sobre a quantidade de pessoas que estão reunidas para pedir a reabertura de igrejas. É possível ver em imagens que os manifestantes ocupam as duas faixas da avenida e o canteiro central.
Pastores e fiéis pedindo a reabertura de igrejas em Rio Preto
Arquivo Pessoal
Assim como todas as cidades do estado, Rio Preto permanece na fase emergencial do Plano São Paulo de flexibilização das atividades econômicas. Igrejas não podem receber o público presencialmente. Cultos e celebrações também não podem ser realizados.
Na última quinta-feira (1º), a Advocacia-Geral da União (AGU) enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) uma manifestação na qual defendeu a suspensão de decretos locais que proíbam cultos, missas e atividades religiosas como forma de evitar a disseminação do coronavírus. No entanto, ainda não houve decisão.
A orientação da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) é para que a população fique em casa e que celebre a Páscoa somente com as pessoas que já convivem juntas.
De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de Rio Preto, a cidade contabiliza 58.095 casos positivos e 1.526 mortes causadas pelo novo coronavírus.
Fiocruz lança cartilha com orientações para Páscoa
Veja mais notícias da região no G1 Rio Preto e Araçatuba
VÍDEOS: veja as reportagens da região

Compartilhar

Deixe uma resposta