Tatuí registra mais de 10 mil casos de dengue

2 de abril de 2021 0 Por
Compartilhar


Apenas nesta quinta-feira (1º) foram confirmadas 181 pessoas com a doença. No ano passado inteiro foram 340 registros na cidade. Os casos de dengue em Tatuí (SP) passaram de 10 mil em 2021. Ao todo, a cidade tem 10.150 casos confirmados, a maioria deles autóctone, aqueles contraídos dentro do município.
Apenas nesta quinta-feira (1º) foram confirmados 181 pessoas com a doença. No ano passado inteiro foram 340 registros na cidade.
A prefeitura informou que para conter ainda mais a proliferação da doença são realizadas ações de bloqueio e nebulização.
Prefeitura de Tatuí (SP) promove fumacê contra a Dengue
Prefeitura de Tatuí/Divulgação
Além de casos de Covid, a dengue também é uma das causas de afastamento de profissionais na área saúde. 126 funcionários já precisaram ficar ausentes do trabalho.
Por causa disso, a prefeitura precisou transferir profissionais de quatro unidades da zona rural ( Americana, Congonhal, Mirandas e Enxovia) para a área urbana, quase 20 funcionários que atendem cerca de 3 mil moradores.
Postos de saúde foram fechados em Tatuí por causa do afastamento de profissionais da saúde por Covid e Dengue
Reprodução/TV TEM
Dengário desativado
O dengário de Tatuí, espaço reservado exclusivamente para atendimento de casos suspeitos de dengue e que estava funcionando em uma ala dentro da santa casa da cidade, foi desativado no dia 25 de março.
O local havia sido criado por causa do surto da doença, onde os pacientes com sintomas recebiam atendimento, faziam exames e eram acompanhados durante o tratamento.
Dengário foi instalado na Santa Casa de Tatuí
Reprodução/TV TEM
O espaço que funcionava em um anexo junto à Santa Casa chegou a receber 400 pessoas por dia, com média de 80% delas com diagnóstico positivo de dengue.
Além da dengue, Tatuí também enfrenta outro desafio na área da saúde, os crescentes casos da Covid-19. A cidade contabiliza 9.160 casos confirmados, com 187 mortes.
Por esse motivo, o dengário teve de ser desativado para que a área fosse usada no atendimento aos pacientes com coronavírus.
Veja mais notícias no G1 Itapetininga e Região
VÍDEOS: assista às reportagens da região

Compartilhar