Paraguaçu Paulista sofre com falta de sedativos para intubação e prevê fim do estoque em até 15 dias

2 de abril de 2021 0 Por
Compartilhar


De acordo com a Santa Casa, empresas responsáveis pelo abastecimento não estão aceitando pedidos de compras de medicamentos porque laboratórios não estão suprindo a demanda. Paraguaçu Paulista sofre com falta de sedativos para intubação e prevê fim do estoque em até 15 dias
Prefeitura de Paraguaçu Paulista/Divulgação
A prefeitura de Paraguaçu Paulista (SP) informou que a rede pública de saúde está sofrendo com a falta de medicamentos, como sedativos para intubar pacientes, devido ao grande número de internações por Covid-19 no país.
Segundo a prefeitura, a Santa Casa da cidade prevê o fim do estoque em até 15 dias. Isso porque as empresas responsáveis pelo abastecimento não estão aceitando pedidos de compras de medicamentos por não terem previsão de entrega, já que os laboratórios que fabricam os remédios não estão suprindo a demanda.
“Temos pedido na fila para poder chegar, mas o que vem para nós é insuficiente. Nós realizamos um pedido, mas quando chega, chega metade, um terço. Isso é muito preocupante e está nos amedrontando. […] Hoje nós estamos no desespero, essa realmente é a verdade”, admite a administradora da Santa Casa, Lucilene Toneli.
Por conta da escassez dos medicamentos, segundo Lucilene, as cirurgias eletivas estão suspensas para priorizar o atendimento aos pacientes com Covid.
“A nossa maior preocupação hoje é com os medicamentos. […] Já chegou essa falta aqui no nosso hospital, então nós não temos a medicação mais importante que seria para sedação, que é o que mais utilizamos”, explica a administradora.
De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura, Paraguaçu Paulista tinha 90% dos leitos de UTI para Covid ocupados nesta quinta-feira (1º). Desde o início da pandemia, a cidade registrou 1.846 casos de coronavírus e 48 mortes pela doença.
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília
VÍDEOS: Assista às notícias da região

Compartilhar