Lençóis Paulista restringe quarentena no domingo de Páscoa

2 de abril de 2021 0 Por
Compartilhar

Decreto estabelece que serviços de alimentação considerados essenciais não poderão realizar atendimento presencial neste domingo (4) e adota outras medidas restritivas aos finais de semana. A prefeitura de Lençóis Paulista (SP) publicou um decreto nesta quinta-feira (1º) que altera as regras de funcionamento dos estabelecimentos durante a fase emergencial do Plano São Paulo, principalmente aos finais de semana.
As medidas foram tomadas para conter a disseminação da Covid-19 no município. De acordo com o novo decreto, que tem validade até 11 de abril, fica proibido o atendimento ao público em estabelecimentos comerciais e de serviços, inclusive no formato drive-thru, no horário das 20h às 5h.
Após liminar da Justiça, hospital de Lençóis Paulista transfere quatro pacientes da UTI Covid
Justiça suspende liminar que obrigava estado a enviar insumos ou transferir pacientes de hospital em Lençóis Paulista
Também não está permitido consumir bebidas alcoólicas ou qualquer produto fumígeno em parques, praças, ruas ou qualquer espaço público.
Com o decreto, também estão suspensas as atividades presenciais de ensino nas redes municipal, estadual e privada, assim como o serviço de transporte coletivo municipal, e ficam proibidas as visitas em instituições de longa permanência para idosos, que não podem receber novos hóspedes, e hospitais.
Regras do fim de semana
O decreto da prefeitura de Lençóis Paulista também estabelece medidas mais restritivas entre as 20h desta sexta-feira (2) até as 6h de segunda-feira (5), assim como das 20h do dia 9 de abril até as 6h do dia 12.
Neste período, podem funcionar com atendimento presencial somente serviços de saúde, alimentação, hospedagem, abastecimento, segurança, assistência social, serviços funerários, estética e beleza.
Restaurantes e lojas devem atender por sistema delivery. Já escritórios, imobiliárias, aulas de educação não regulada, templos e igrejas, academias, clubes, bares e lojas de conveniência, instituições financeiras, casas lotéricas, eventos, convenções e atividades culturais não podem funcionar.
Segundo o documento, os serviços de alimentação considerados essenciais não poderão realizar atendimento presencial neste domingo (4) de Páscoa.
Com isso, supermercados, mercearias, padarias, hortifrútis, peixarias, varejão, entre outros, só podem funcionar no domingo através de delivery. Já no sábado (3), os estabelecimentos podem receber o público até as 21h.
Segundo a prefeitura, o varejão municipal Lydio Ruiz, do centro, e o varejão Josefina Paulino – Dona Nega, no Núcleo Luiz Zillo, não têm permissão para funcionar neste domingo, excepcionalmente.
O decreto também estabelece que farmácias e postos de combustíveis podem funcionar normalmente, no entanto, as conveniências dos postos não poderão realizar atendimento presencial no domingo.
Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília
VÍDEOS: Assista às notícias da região

Compartilhar