BCN 

Médicos do pronto-socorro de Birigui entram em greve por falta de pagamento de salários

Compartilhar


Greve iniciou na segunda-feira (22) e profissionais estão atendendo apenas casos de urgência, emergência e Covid-19. Pronto-socorro municipal de Birigui
Reprodução/TV TEM/Arquivo
Médicos do pronto-socorro de Birigui (SP) entraram em greve na segunda-feira (22) e alegam que não recebem os salários há mais de 80 dias.
De acordo com os profissionais do local, com a paralisação, eles atendem apenas casos de urgência, emergência e Covid-19. Os pacientes passam por triagem e o caso é avaliado para que seja atendido ou encaminhado para outra unidade.
Médicos do Pronto-socorro de Birigui fazem paralisação de atendimentos eletivos
O comunicado da greve foi protocolado no Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo.
A prefeitura informou, em nota, que a Secretaria de Negócios Jurídicos notificou o Instituto São Miguel Arcanjo, contratado emergencialmente para gerir os atendimentos médicos do pronto-socorro, para que faça a substituição dos médicos e retome os atendimentos o quanto antes. Caso a empresa não resolva a situação, será penalizada pelo município.
Veja mais notícias da região no G1 Rio Preto e Araçatuba
VÍDEOS: mais reportagens da região

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta