BCN 

Enem para presos tem queda de 24,9% nos inscritos na região de Campinas

Compartilhar


SAP informa que 734 detentos farão a prova em nove unidades da região nesta terça e quarta. Conteúdo cobrado é o mesmo aplicado às pessoas em liberdade. Adolescente internado na Fundação Casa em Campinas vai prestar o Enem PPL
Patrícia Teixeira/G1
Com distanciamento social nas salas e uso obrigatório de máscara, homens e mulheres presos na região de Campinas (SP) realizam, nesta terça-feira (23) e quarta-feira (24), o Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL). São 734 inscritos nesta edição, uma queda de 24,9% em relação a 2019. Os dados são da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP).
O exame é realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o conteúdo cobrado na prova é o mesmo daquela aplicada às pessoas que estão em liberdade. A única diferença é que o teste é realizado dentro das unidades prisionais.
“O Enem PPL avalia o desempenho do participante que concluiu o ensino médio e, a partir de critérios utilizados pelo Ministério da Educação (MEC), permite o acesso ao ensino superior por meio de programas como Sisu, Prouni e Fies. Além disso, contribui para elevar a escolaridade da população prisional brasileira”, diz texto na página oficial do Inep.
O maior número de inscritos é do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Hortolândia, com 144 participantes.
Inscritos no Enem PPL
Protocolos sanitários
De acordo com a SAP, em razão dos protocolos sanitários, as aplicações de provas ocorrem em algumas unidades do estado de São Paulo. Na região de Campinas, são nove unidades participantes.
Cuidados definidos para o Enem PPL
Os colaboradores do Inep que atuam nos dias de aplicação dos exames receberão 3 máscaras sobressalentes para troca em horários específicos;
Serão distribuídos frascos de álcool em gel para todas as salas;
As janelas e portas das salas deverão ficar abertas para facilitar a circulação do ar;
As mesas e cadeiras das salas serão devidamente higienizadas, assim como banheiros e corredores de acesso;
Será mantido o distanciamento social entre participantes em sala, na ida ao banheiro e antes da identificação;
Caso algum colaborador da equipe de aplicação de provas apresente sintomas da Covid-19 não poderá entrar na unidade prisional;
A máscara é de uso obrigatório para todos, tanto colaborares como candidatos.
Em nota, a SAP informa que os presos inscritos participaram de um cursinho preparatório com aulas online entre 25 de janeiro até esta segunda (22), em uma parceria da pasta com o Instituto SEB.
Pandemia afeta rotina de aulas de presos na região de Campinas
Fundação Casa
Na mesma data, os adolescentes que cumprem medidas socioeducativas nas unidades da Fundação Casa também farão a prova do Enem PPL. Na região de Campinas são sete inscritos – em todo o estado, serão 160 participantes de 68 centros socioeducativos.
Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta