BCN 

Preço do litro da gasolina chega a R$ 5,19 em postos de combustíveis em Ribeirão Preto, SP

Compartilhar


Reajuste acontece após 4º aumento anunciado pela Petrobras no ano. Valor já é R$ 0,25 mais alto do que o preço mais caro registrado em estabelecimentos na semana passada, segundo a ANP. Preço do litro da gasolina rompe os R$ 5 em Ribeirão Preto, SP
Postos de combustíveis em Ribeirão Preto (SP) reajustaram o preço do litro da gasolina nesta sexta-feira (19) após a Petrobras anunciar um novo aumento. Em estabelecimentos da zona Sul, o produto chegou a R$ 5,19.
Este é o quarto reajuste anunciado pela empresa desde o início de 2021. O mais recente havia ocorrido no dia 8 de fevereiro, quando a gasolina chegou a custar R$ 4,99 na cidade.
De acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP), de 7 a 13 de fevereiro, o valor máximo encontrado nos 32 estabelecimentos pesquisados foi de R$ 4,94. A média de preço registrada no litro da gasolina ficou em R$ 4,51.
O motorista de aplicativo Leandro Machado Serrano roda, em média, 200 quilômetros por dia na cidade. Nas últimas semanas, a despesa com a gasolina ficou mais alta.
“Está difícil. Com essa alta do combustível, inclusive hoje está subindo mais, já estava difícil e agora complicou mais ainda.”
Gasolina em postos de Ribeirão Preto, SP, chega a R$ 5,19; etanol custa R$ 3,49
José Augusto Júnior/EPTV
Altas consecutivas
O preço médio de venda de gasolina nas refinarias da Petrobras passou a ser de R$ 2,48 por litro, refletindo aumento médio de R$ 0,23 por litro. Já o preço médio de venda de diesel passou a ser de R$ 2,58 por litro, refletindo aumento médio de R$ 0,34 por litro.
Em dezembro, o litro da gasolina custava, em média, R$ 1,84. Já o do diesel saía a R$ 2,02.
Política de preços
No início o mês, a petroleira divulgou comunicado para reafirmar que não houve alteração no alinhamento dos seus preços de combustíveis em relação ao praticado no mercado internacional.
Em nota nesta quinta, a Petrobras afirmou que esse alinhamento “é fundamental para garantir que o mercado brasileiro siga sendo suprido sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras”.
Os preços internacionais do petróleo atingiram na quarta-feira (17) os maiores níveis desde janeiro do ano passado. O barril do tipo Brent fechou em alta de 1,6%, a US$ 61,14, enquanto o petróleo dos EUA (WTI) avançou 1,8%, para US$ 61,14.
Etanol também subiu
Desde quinta-feira (18), o litro do etanol também ficou mais caro nos postos. Na semana passada, o combustível mais caro era vendido a R$ 3,27, de acordo com a ANP. Hoje, os postos já comercializam o produto a R$ 3,49.
Procurada, a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) informou que os preços do etanol refletem a realidade do mercado na busca de um equilíbrio entre oferta e demanda.
Ainda segundo a associação, o aumento acontece por causa do período de entressafra do corte da cana-de-açúcar, pela recomposição dos estoques das distribuidoras, pelo valor da gasolina e pelas cotações do dólar e do petróleo no mercado internacional.
Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
VÍDEOS: Tudo sobre Ribeirão, Franca e região

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta