BCN 

Prefeitura suspende visitas na Penitenciária de Dracena para tentar conter aumento de casos de Covid-19 no município

Compartilhar


Penitenciária de Dracena
Reprodução/TV Fronteira
A Prefeitura de Dracena decidiu suspender as visitas na Penitenciária da cidade. A medida foi adotada através de um decreto publicado nesta quinta-feira (18) como forma de tentar conter o aumento de casos de Covid-19 no município.
Nesta quarta-feira (17), a Prefeitura já havia colocado o município no enquadramento da fase vermelha do Plano São Paulo, que impõe as medidas mais rígidas de quarentena para o enfrentamento da pandemia da Covid-19, em decorrência do aumento de casos da doença.
Além disso, o Poder Executivo também já tinha decretado lockdown em Dracena durante os fins de semana como forma de promover o isolamento social e barrar aglomerações de pessoas.
A unidade prisional
De acordo com os dados da Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo (SAP) atualizados na terça-feira (16), a Penitenciária de Dracena conta com uma população carcerária de 1.458 presos, mas a capacidade da unidade, que foi inaugurada em 2001 e funciona no regime fechado, é para 844 detentos.
Alterações
Também nesta quinta-feira (18), o prefeito André Kozan Lemos (Patriota) fez três alterações no decreto que reclassificou o município de Dracena para a fase vermelha do Plano São Paulo.
Uma das mudanças determina que estabelecimentos comerciais com permissão para funcionar na cidade poderão abrir as portas apenas de segunda-feira a sexta-feira, de acordo com o horário estabelecido no alvará de funcionamento, exceto os supermercados, mercados, varejões, mercearias, sacolões, casas de carne, peixarias, padarias, restaurantes, lanchonetes e similares, que atenderão entre 7h30 e 19h, adotando medidas para impedir a formação de aglomeração de pessoas na calçada.
Outro ponto modificado é o que determina o toque de recolher, de segunda a sexta-feira, com o fechamento do comércio em geral das 20h às 6h, e autoriza o atendimento somente pelo delivery até as 22h. O texto anterior não especificava os dias do toque de recolher.
A terceira alteração refere-se ao trecho que proíbe a circulação de veículos aos sábados e domingos na cidade. O novo texto determina que fica proibida a circulação de veículos particulares, ressalvados os de uso coletivo e delivery de farmácia, aos fins de semana. O decreto anterior fazia ressalvas aos veículos de “uso coletivo e delivery (até as 22h)”.
Initial plugin text
Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta