BCN 

Araraquara terá monitoramento de contaminados pelo novo coronavírus por geolocalização

Compartilhar


Em parceria com o Butantan, tecnologia Contact Tracing fará parte de estudo pioneiro no estado de SP. Ainda não há previsão para início no município, que tem casos da variante brasileira. A cidade de Araraquara
Arquivo/EPTV
Araraquara (SP) terá monitoramento por geolocalização de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, segundo o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas.
Em uma reunião nesta quinta-feira (18), o prefeito Edinho Silva (PT) confirmou a tecnologia, mas ainda não há data para início do projeto.
Araraquara tem 4 mortes por Covid e UTI lotada pelo 4º dia
‘Vivemos o prenúncio de algo muito ruim’, diz prefeito
O estudo pioneiro no estado de São Paulo será feito através da tecnologia Contact Tracing. Aliado à testagem em massa, o monitoramento rigoroso de doentes teve resultados positivos na Coreia do Sul.
Araraquara enfrenta uma alta de casos, mortes e internações por Covid. Já são 12.802 casos registrados, com 162 mortes, e nesta quinta já é o 4º dia de leitos de UTI lotados.
Pelo menos 12 casos da variante brasileira, encontrada primeiro em Manaus, foram confirmados no município. Ela é mais transmissível, mas não se tem a confirmação de que seja mais letal. Para conter casos, a cidade tem decreto que proíbe a circulação de pessoas sem justificativa.
Tecnologia vai rastrear moradores com Covid-19 em Araraquara
Reprodução/TV TEM
Rastreamento
A tecnologia funciona através de dispositivos móveis como celulares, que registram a localização da pessoa que está confirmada com Covid-19.
Os movimentos destas pessoas são acompanhados por agentes de saúde e as pessoas ao redor também são notificadas para saberem do risco e são orientadas a se isolar.
“Em parceria com o Butantan, Araraquara irá utilizar uma tecnologia para aprimorar o gerenciamento de informações sobre positivados para Covid-19, comunicantes e agilizar o trabalho monitoramento das equipes de Vigilância em Saúde”, informou o prefeito no Facebook.
O G1 entrou em contato com o Instituto Butantan para saber mais detalhes do projeto, mas ainda não obteve resposta.
VÍDEOS SOBRE A VARIANTE EM ARARAQUARA:
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 São Carlos e Araraquara.

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta