BCN 

Instituições de Rio Preto pesquisam sequenciamento genético para identificar variantes do coronavírus

Compartilhar


Segundo virologista, com estudo será possível identificar as mutações do vírus, realizar medidas de contenção da disseminação da pandemia e até buscar por possíveis estratégias de cura. Pesquisa é feita pela Unesp e Famerp, em Rio Preto
Famerp/Divulgação/Arquivo
O Instituto de Biociência da Unesp e a Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (SP) fazem parte de estudos de sequenciamento genético de testes positivos da Covid-19 para verificar se os pacientes contraíram novas variantes do coronavírus e identificá-las.
As pesquisas são desenvolvidas pela Rede Nacional de Ômicas de Covid-19, composta por pesquisadores de diversas universidades do país.
De acordo com a virologista Paula Rahal, as análises buscam revelar a diversidade genética do SARS-CoV-2, por meio do sequenciamento do material genético coletado em diferentes hospitais e laboratórios.
“A gente não sabe se as variantes serão combatidas pelas vacinas, se vamos estar imunizados. Vamos permanecer em isolamento social para tentar eliminar as variantes para não perpetuarem e disseminarem na população”, explica.
Unesp de Rio Preto participa de estudo sobre variantes do coronavírus
Com a pesquisa será possível identificar as mutações do vírus, realizar medidas de contenção da disseminação da pandemia e até buscar por possíveis estratégias de cura.
“Essas variantes estão circulando no interior de São Paulo, como Araraquara, cidades próximas. Não temos ainda resultados de Rio Preto, estamos sequenciando, mas segundo os dados epidemiológicos elas estão circulando no interior todo.”
“Algumas variantes podem ter transmissão mais rápida, por isso é importante continuar o isolamento social porque a gente pode eliminar as variantes que estão surgindo por aí”, afirma a virologista.
Confira os laboratórios envolvidos na pesquisa:
FAMERP – Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, SP
Feevale – Universidade Feevale, RS
FIOCRUZ – Fundação Oswaldo Cruz, BR
INPA – Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia, AM
UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais, MG
UNB – Universidade de Brasília
UNESP – Universidade Estadual Paulista, SP
UNICAMP – Universidade de Campinas, SP
USP – Universidade de São Paulo, SP
UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro, RJ
UFTO – Universidade Federal do Tocantins, TO
LNCC – Laboratório Nacional de Computação Científica, RJ
Veja mais notícias da região no G1 Rio Preto e Araçatuba
VÍDEOS: veja as reportagens da região

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta