BCN 

Chuva com ventos fortes derruba cerca de 100 árvores em Ubatuba

Compartilhar


Não há registro de pessoas feridas após a tempestade. Temporal também provocou queda de energia. Não foi constado danos na estrutura, mas a casa está interditada de forma preventiva
Divulgação/PMU
A chuva acompanhada de ventos fortes que atingiu Ubatuba nesta terça-feira (16) provocou a queda de cerca de 100 árvores e deixou moradores sem energia elétrica. Não há registros de feridos e a Defesa Civil segue monitorando a cidade.
Segunda prefeitura, a chuva veio acompanhada de rajadas de vento entre de 89 a 102 Km/h. Uma família, moradora do bairro Pedreira Alta, ficou desalojada. O casal e quatro crianças precisaram sair de casa após uma árvore de grande porte cair sobre o imóvel.
Eles foram para a casa de parentes, onde estão sendo auxiliados por assistentes sociais com roupas, colchões e cesta básica. Uma equipe da prefeitura fez uma vistoria no imóvel e, apesar de não encontrar danos na estrutura da casa, decidiu interditar preventivamente o local.
Por conta da queda das árvores, estradas do Rio Escuro e do bairro Cambucá ficaram obstruídas. Equipes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e da concessionária que administra o serviço de energia na cidade estão trabalhando em conjunto para desobstruir as vias e restabelecer a energia na cidade.
Na Cachoeira do Tombador, no bairro Ubatumirim, uma árvore caiu sobre um carro. Ninguém ficou ferido.
Um carro foi atingido pela queda da árvore
Divulgação/PMU
Os bairros mais atingidos pela queda de árvores sobre a fiação elétrica ou queda na energia elétrica foram:
Cachoeira do Tombador
Estufa 2
Horto Florestal
Itaguá
Itamambuca
Pedreira Alta
Perequê-Açu
Praia da Fortaleza
Prumirim
Rio Escuro
Sertão do Cambucá
Sertão do Puruba
Sesmaria
Sumidouro
Taquaral
Usina Velha
Praia Vermelha
Todos os bairros citados registraram alagamentos ou queda de árvores. A Defesa Civil segue monitorando a cidade.
Energia elétrica
Por nota, a Elektro, responsável pelo fornecimento de energia elétrica, informou que mais de 30 eletricistas atuavam nesta quarta para restabelecer o serviço nos bairros atingidos. Cerca de 800 clientes ainda estavam sem energia elétrica até o fim da manhã desta quarta.
A concessionária reforçou orientações de segurança as famílias com casas alagadas, como:
Não mexer em aparelhos elétricos com as mãos úmidas ou com os pés molhados;
Não religar os disjuntores sem antes ser realizada uma vistoria e secagem de todas as tomadas.
Veja mais notícias do Vale do Paraíba e região

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta