Mais grave que ataque ao STF é país não ter projeto adequado para educação, diz Barroso

O ministro Luís Roberto Barroso, do TSE e do STF, durante julgamento no dia 20 de maio — Foto: Reprodução/TV Globo

Presidente recém-empossado do TSE fez referência à declaração do ministro da Educação, que defendeu prisão dos ministros do STF.

Na reunião, que teve a presença dos ministros do governo e do presidente Jair Bolsonaro, Weintraub ainda chamou os magistrados do STF de “vagabundos”. “Eu, por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia, começando no STF”, afirmou na ocasião.

O decano da Corte, ministro Celso de Mello, encaminhou esse trecho a todos os demais ministros para que, querendo, tomem as medidas cabíveis. Segundo Mello, a fala poderia configurar crime contra a honra.

A divulgação do vídeo faz parte do inquérito que investiga a denúncia de que o Bolsonaro interferiu politicamente na PF. Fonte: G1

You May Also Like

Deixe uma resposta