Em reunião nesta terça, líderes partidários definem ritmo de votações no Congresso Nacional

Foto: Reprodução/BCN

Líderes partidários se reúnem nesta terça-feira (3) para decidir o ritmo de votações para esta semana no Congresso Nacional.

A reunião acontece a 3 semanas do fim do ano legislativo, e o foco agora é limpar a pauta para a votação do Orçamento de 2020.

“Limpar a pauta” é o termo usado para a votação de dispositivos que bloqueiam a pauta normal, como por exemplos, os vetos.

Na semana passada, foram derrubados oito vetos presidenciais relacionados às leis partidária e eleitoral, e a expectativa é que a análise dos vetos continue nesta terça-feira (3).

Em entrevista exclusiva à Rádio Nacional, o líder do governo no congresso, Senador Eduardo Gomes, do MDB, adiantou que o governo não vai interferir na votação dos vetos da mini reforma eleitoral.

Também estão na pauta projetos de abertura de crédito suplementar.

O de maior valor é o que destina quase R$6 bilhões para o Ministério da Infraestrutura e do Desenvolvimento Regional.

Também em entrevista exclusiva à Rádio Nacional, o Deputado Glauber Braga, do PSOL, afirmou que a oposição vai obstruir a votação do PLN porque retira recursos do programa Minha Casa, Minha Vida.

Braga também defendeu a obstrução à votação do projeto na Câmara, que permite capital privado na área de saneamento.

Também nesta terça-feira (3), duas medidas provisórias devem ser votadas, caso contrário perdem a validade: a MP que antecipa o 13º salário de beneficiários do INSS, e a que libera empresas da bolsa de valores de publicarem seus balanços em jornais impressos.

E a pauta de votações deve aumentar, já que o governo prometeu enviar novo projeto para resolver o impasse criado com a manutenção de vetos que tinham acordo político para serem derrubados na última semana. Fonte: EBC

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *