Sampaio Corrêa x Vera Cruz: final da LBF tem cinco campeãs pan-americanas

Compartilhar

A Seleção Brasileira feminina de basquete comemorou a vitória sobre os Estados Unidos que rendeu o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, há menos de uma semana. Após quebrarem um jejum de 28 anos sem verem o Brasil no lugar mais alto do pódio no Pan  (com a histórica equipe de Hortência e Magic Paula em 1991, em Havana), cinco das jogadoras campeãs pan-americanas já voltam às quadras para a decisão da Liga de Basquete Feminino (LBF) entre Vera Cruz Campinas e Sampaio Corrêa, que começa nesta sexta-feira (15/8), às 20h, no ginásio do Tênis Clube de Campinas (TCC).

É a segunda vez seguida que os dois clubes se enfrentam na final.  Dono da melhor campanha na primeira fase, com 16 vitórias e apenas duas derrotas, o Vera Cruz Campinas busca o bicampeonato. Para isso, contará com Patty, titular na campanha vitoriosa do Brasil comandado pelo técnico José Neto no Pan. Na fase eliminatória da LBF, o time paulista eliminou o Instituto Brazolin/São Bernardo nas quartas de final (2 × 0) e arrancou uma virada de tirar o fôlego dos torcedores sobre a Uninassau/Cabo de Santo Agostinho nas semifinais (2 × 1).

Já o Sampaio Corrêa conta com um plantel maior de campeãs pan-americanas, a começar pela armadora Tainá Paixão, que comandou a façanha brasileira em Lima. A jogadora que nasceu no ano em que o Brasil havia ganhado no Pan de 1991 foi cestinha da vitória sobre Os Estados Unidos por 79 x 73 em Lima, com 24 pontos, e ainda anotou sete rebotes e três assistências. Completam os reforços que chegaram direto do Pan: a ala/pivô Clarissa, melhor brasileira na maior competição das Américas, e as alas Tati Pacheco e Raphaella Monteiro.

Com as quatro atletas que ajudaram o Brasil a conquistar o quarto título pan-americano do país no basquete feminino (os outros foram em 1991, 1967 e 1971), o Sampaio Corrêa terminou a primeira fase da LBF em segundo lugar, com apenas uma vitória a menos do adversário que enfrenta na decisão. Foram 15 vitórias e três derrotas. Nos playoffs, a equipe do Maranhão passou pelo Ituano Basquete nas quartas e pelo Santo André/Apaba na semifinal, ambos por 2 x 0.

O histórico recente de confrontos entre as duas equipes finalistas mostra o equilíbrio entre elas, que se enfrentaram duas vezes na temporada, com uma vitória para cada lado.

Final decidida em série melhor de cinco

O título é decidido em série de melhor de cinco jogos. Os dois primeiros serão disputados em Campinas — o segundo no domingo (18/8), às 18h. Com capacidade para 2.500 pessoas, a arena foi palco do Desafio Internacional entre Ligas, em fevereiro, quando o Vera Cruz venceu o argentino Quimsa. Depois, o confronto que vale a taça de campeão nacional vai para São Luís do Maranhão, com o jogo 3 e, se precisar, o jogo 4. Em caso de empate, a decisão volta para Campinas para o jogo 5. A expectativa é de casa cheia e homenagem às campeãs pan-americanas.

Veja quando e onde assistir aos jogos da final da LBF 2019

Vera Cruz Campinas  x Sampaio Basquete

Jogo 1

Sexta-feira (16/8), às 20h
Ginásio do Tênis Clube de Campinas (SP)
ESPN Extra, WatchESPN e LBF Live 

Jogo 2

Domingo (18/08), às 18h
Ginásio do Tênis Clube de Campinas (SP)
ESPN Extra, WatchESPN e LBF Live

Jogo 3

Quinta-feira (22/8), às 19h. 
Ginásio Costa Rodrigues, São Luís (MA)
ESPN Extra, WatchESPN e LBF Live 

Jogo 4 (se necessário)

Sábado (24/8), às 18h
Ginásio Costa Rodrigues, São Luís (MA)
ESPN Extra, WatchESPN e LBF Live

Jogo 5 (se necessário)

Quinta-feira (29/8), às 19h
Ginásio do Tênis Clube de Campinas (SP)
ESPN Extra, WatchESPN e LBF Live 

*Horários de Brasília – Fonte: Correio Braziliense

Compartilhar

You May Also Like

Deixe uma resposta