Sobe para 20 número de mortos em ataque a aliado de líder afegão

Foto: Mohammad Ismail

Saleh, ex-chefe de inteligência e conselheiro de segurança que concorre a vice-presidente de Ghani ficou levemente ferido. Nenhum grupo assumiu o ataque

O saldo de vítimas de um ataque suicida no escritório de Cabul de Amrullah Saleh, vice de chapa do presidente afegão Ashraf Ghani nas eleições de setembro, chegou a 20 mortos e ao menos 50 feridos, disseram autoridades nesta segunda-feira (29), quando as operações de limpeza começaram.

Saleh, ex-chefe de inteligência e conselheiro de segurança que concorre a vice-presidente de Ghani, ficou levemente ferido no ataque de domingo ao escritório de seu partido Tendências Verdes no centro da capital do Afeganistão.

Até agora, nenhum grupo assumiu a autoria do ataque, ocorrido no início da campanha oficial para as eleições presidenciais agendadas para 28 de setembro.

Zalmay Khalilzad, diplomata afegão-norte-americano veterano que comanda a delegação dos Estados Unidos nas negociações de paz com o Taliban, repudiou o ataque de domingo e disse que os perpetradores precisam ser levados à justiça.

“O ataque aos escritórios do partido político de Amrullah Saleh foi grotesco e um ato claro de terrorismo”, tuitou.

Já adiadas duas vezes neste ano, as eleições devem ser um teste de organização e de segurança árduo para o governo Ghani, que chegou ao poder em 2014 após uma campanha agressiva e uma votação ofuscada por acusações de fraude generalizada.Copyright © Thomson Reuters. Fonte: R7

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *