Oscar e Thiago realizam sonho de jogar Pan: ‘Foi diferente, foi gostoso’

Foto: Carla Canteras

Dupla masculina brasileira de vôlei de praia estrearam com vitória por 2 sets a 0 contra a Costa Rica e esperam manter história de medalhas do Brasil

O primeiro Pan-Americano com mais de 30 anos é pouco comum no esporte. Mas essa é a história de Oscar, de 34 anos, e Thiago, de 36 anos, dupla brasileira de vôlei de praia que estreou nessa quarta-feira (24), com vitória por 2 sets a 0 contra a Costa Rica.

“Hoje foi tudo diferente. Não foi tanto nervoso, mas foi gostoso por estar realizando um sonho”, comemorou Thiago. “O Pan gera mais ansiedade mesmo. Mesmo que somos mais experientes, não velhos”, brincou Oscar.  

No vôlei de praia é comum jogadores com boa performance mesmo com mais idade. “A modalidade proporciona jogar até os 40 anos e temos exemplos no Brasil. O Ricardo, o Arlei que são campeões e jogam muito bem. Procuramos seguir, cuidar bem do corpo e da mente”, explicou Oscar.

Os dois sabem que disputar o Pan é diferente, e a preparação psicológica foi importante esse primeiro jogo. “Quando entramos em quadra esquecemos tudo em volta. Fazemos um trabalho bom psicológico para chegar na hora do jogo colocar em prática nosso melhor, principalmente aqui”, contou Oscar.

O Brasil é o país com mais medalhas na história da modalidade em Pan. Desde 1999, em Winnipeg, o País já conquistou 11 medalhas. Os dois sabem da responsabilidade de manter essa história e da dificuldade que encontrarão. “É um torneio bem difícil. Temos seis times favoritos para medalha, então 50 % vai ficar fora do pódio, mas vamos brigar e vai ser bonito para quem estiver assistindo o torneio de vôlei de praia”, explicou Thiago.

O próximo jogo vai ser na quinta-feira (25), contra o Uruguai. Os dois querem terminar a fase de grupos em primeiro lugar e passar direto para as quarta de final. Com isso, eles estarão na festa de abertura. A ideia é curtir o Pan com tudo que eles têm direito.

“Temos de terminar em primeiro lugar para ter um dia livre depois da cerimônia. Queremos aproveitar tudo que temos direito no Pan. Mas com moderação”, brincou Oscar. Fonte: R7

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *